Inglês fluente em três meses! Aprenda Como!

Inglês fluente em três meses, inglês em 10 semanas, inglês fluente com apenas duas horas de estudos semanais, aprenda inglês dormindo ou inglês por hipnose.

aprenda ingles lendo

Bem vindo a esse anúncio gritantemente falso, mas que SEMPRE atrai visitantes e curiosos.

A palavra-chave dessa mentira é “fluente.” Falar um idioma fluentemente significa muito mais do que decorar tempos verbais e memorizar 100 frases prontas. Se você quiser aprender algumas coisas básicas pra se virar um pouco pode até ser que ache um curso rápido que resolva. Mas aprender uma língua fluentemente exige dedicacão, estudo e tempo. E é isso que quero discutir nesse post.

A internet é cheia de recursos que vão de blogs a vídeos, cursos online, cursos por skype e vários outros métodos que podem sim ajudar, e muito, quando alguém está procurando aprender uma outra língua. Mas sejamos cuidados com essas promessas mirabolantes que parecem “too good to be true- ou, muito boas pra ser verdade.” Eu sou mineira de carteirinha, então mais desconfiada não há. Mas acho que não precisa mais do que bom senso pra saber que uma promessa como essa do título é completamente irreal.

Conhecer alguém com a síndrome do falso poliglota não é muito difícil. Tem sempre um sabido que fala 12 línguas – ou que diz que fala, claro. Aqui nos Estados Unidos quando encontro com pessoas que dizem falar inúmeras línguas, a conversa acontece mais ou menos assim:

 

Falso Poligota (FP): I speak six languages. (Eu falo seis línguas)

Eu: Really? Is Portuguese one of them? (Sério? Português é uma delas?)

FP: Oh yeah, tudo bem?

Eu: Tudo bem. Nossa que legal você falar seis línguas. Eu amo línguas. Se eu pudesse viveria de aprender novas línguas. Como foi que você aprendeu português?

FP: I’m sorry, I didn’t catch that. (Desculpe, não entendi)

Eu pensando: Sei… Tô vendo o tanto que você é fluente em Português. Se você não conseguiu  conversar por 2 minutos, imagino a fluência de todos os outros idiomas que você fala. Eu: continuo a conversa em inglês pra não contrangir o poliglota em questão.

 

É claro que é possível encontrar reais poliglotas pelo mundo, mas esses são os poucos que tomam o cuidado de praticar as línguas aprendidas regularmente. Isso porque línguas são facilmente esquecidas se não praticadas. Por isso quando alguém me diz que é FLUENTE em mais que três línguas eu imediatemante já desconfio que não seja o caso, porque são poucos os que tem o tempo e oportunidade de praticar mais de três línguas diariamente para manter uma fluência outrora adquirida.

Ser fluente em um idioma é completamente diferente de “entender um pouco, ler bem, ter bom vocabulário, ter estudado por 8 anos, saber algumas frases”. Ser fluente é poder dissertar sobre qualquer assunto a qualquer hora. Ter o domínio de uma língua requer disciplina e prática. Especiamente se o idioma for estudado fora do país ou local aonde a língua é falada.

Esse blog post não é direcionado aos falsos poliglotas, porque esses serão descobertos pelos futuros chefes, amigos e colegas. E como eles já se consideram fluentes, não estão procurando nenhuma avenida de aprendizado que realmente dê resultado. Eu escrevi esse blog pra dar a minha opinião a todos que me perguntam como foi a minha experiência de aprender fluentemente o inglês, pra quem quer saber qual curso eu indico ou o que se pode fazer para acelerar o processo.

aprenda ingles rapido

 

O meu conselho pra quem quer mesmo aprender outra língua é fazer disso uma prioridade no seu dia-a-dia.

Pra aprender:

Em casa: Se quiser aprender em casa compre um curso como o Rosetta Stone que não ensina somente vocabulário e gramática, mas também te ensina a pronúncia. Não adianta vcoê aprender o inglês escrito e pronunciar as palavras incorretamente e essa é a falha da maioria dos cursos “faça você mesmo” na internet ou de livros didáticos.

Online: Procure um canal no YouTube que ensine a língua e te cobre uma presença regular. Fazer uma aula de uma hora duas vezes por semana não te tornará fluente.

Curso pago: Eu dei aula de inglês por um ano no Brasil e só indico um curso aos meus amigos: Park idiomas. Essa escola não está disponível em todo o Brasil, mas pra quem tiver a oportunidade, a park é sensacional. O método é o melhor que conheço no mercado por dar prioridade a fala e não a escrita desde a PRIMEIRA aula.  O curso é mais caro, mas vale o investimento pois os resultados são sim mais rápidos do que os outros cursinhos de ingês que levam anos pra serem concluidos. Eu estudei na Uptime em Belo Horizonte e também foi um bom curso, mas o método é menos eficaz do que usado na Park.

Empenho: Independentemente do método escolhido, você precisará de tempo para se dedicar a língua. Ouvir música, ver séries em inglês, bater papo com os amigos em inglês, ler um livro, escrever um email e por aí vai. O contato tem que ser diário.

Curso fora: Morar fora pra aprender a língua é sempre a opção mais valiosa, mas também a mais cara. Se você puder fazer um curso de inglês (ou língua desejada) no exterior, essa é sempre uma excelente opção. Inclusive a única opção que acredito que pode sim te tornar fluente em três meses. Mas se quiser trabalhar no exterior e aprender a língua apenas tirando proveito do cotidiano, eu recomendo ter pelo menos uma base da língua antes de investir todo o seu dinheirinho em uma viagem como essa. Aqui em Orlando por exemplo, se você não souber quase nada de inglês será quase impossível conseguir um emprego trabalhando diretamente com o público americano. Aí você passará a metade do rodeado por Brasileiros e não vai poder treinar quase nada o seu inglês.

Dicas: 1- Seja realista com o seu progresso. Se você não se ver satisfeito, aumente um pouco a carga horária ou mude um pouco o método de estudo. Mas aceite que o processo é mais lento do que você gostaria que fosse.

2- Quando alguém corrigir sua pronúncia, repita algumas vezes em voz alta. Praticar em voz alta faz toda a diferença.

3- Se tiver um dicionário, marque com um pontinho toda vez que você procurar uma palavra. Por fim se você perceber que já procurou a mesma palavra inúmeras vezes, tente usar “mneumonics” para associar a palavra a alguma coisa que te fará lembrar no futuro.

4- Não tenha vergonha de errar. Só aprende quem erra. Você irá pronunciar palavras erradas e dizer coisas sem sentido, mas eu te garanto que depois de ser motivo de risada pela gafe, você nunca mais esquecerá a pronúncia certa (experiência própria.)

5- Aceite críticas. Seja críticas de levar os estudos mais a sério, de pronúncia, de gramática ou o que for. Anote os erros e as correções porque escrever ajuda a memorizar.

 

Seria tudo mais fácil se os atalhos pra aprender uma língua nova realmente funcionassem, mas infelizmente eles não passam de soluções temporárias ou incompletas. Se você leu esse post gigante até aqui, parabéns! Você provavelmente está disposto a ler, pesquisar e dedicar seu tempo ao novo aprendizado da tão sonhada língua! Boa sorte!

Beijos,

kiss.lll

 

 

 

Nanda

Disclaimer: Esse blog post não é patrocinado e as escolas ou curso de línguas mencionados não tem conhecimento de que estão sendo citadas. O post reflete apenas a minha experiência.

Aprenda ingles fluente sem mentiras

Spread the love! Share with friends:

3 Comments

  1. Excelente artigo! Boas dicas, bem escrito. Parabéns Fernanda! Você está se tornando uma craque para escrever.
    Vou compartilhar.
    Divulgue tudo isto, também, no facebook.
    Se não tem uma página no facebook, crie uma. Ajuda a propagar as suas ideias, as suas dicas.
    Crie uma conta no twitter.
    Coloque links no twitter, no facebook, além da divulgação do BLOG.

    • Muito Obrigada! Eu tenho sim uma página no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Pinterest. Você pode acessar procurando “lift laugh lipstick” ou acessando pelos links de rede social que estão do lado direito da página inicial do blog! 🙂

  2. É mesmo excelente seu texto, Fernanda!!!
    Mais um post que merece aplausos!!! Gostei de sua clareza e sinceridade ao tratar este tema sobre a aprendizagem de uma língua e no caso, o inglês. Me motivou a retomar os estudos!
    Vou compartilhar para outras pessoas possam usufruir de sua bela experiência com o aprendizado com o inglês. Bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *