Dicas de Segurança em Orlando

Quando qualquer notícia sobre crime ou violência em Orlando vira assunto internacional, eu passo o dia carinhosamente respondendo todas as mensagens preocupadas de amigos e familiares Brasileiros querendo notícia de se está tudo bem por aqui. As pessoas ainda se assustam de escutar falar de Orlando no noticiário, mas eu não sei porque, afinal crime e violência existem em qualquer lugar! Mas esse post não é pra falar sobre a criminalidade em Orlando e sim sobre como você pode se prevenir durante a sua tão esperada viagem.

 

Os Brasileiros já estão tão acostumados a serem alertas por natureza, que eu acredito que se todos se mantivéssem nesse estado alerta durante as férias, o número de vítimas de furtos por exemplo já cairia bastante! Mas é tão chato viver sempre em alerta que quando viajamos para o exterior é normal querermos vivenciar a liberdade que um país geralmente mais seguro oferece. Sendo assim as pessoas baixam um pouco a guarda e se permitem liberdades que nunca teriam no Brasil como deixar itens visíveis dentro do carro, deixar a bolsa solta na mesa num restaurante e coisa do tipo. Mas quando baixamos a guarda é justamente quando ficamos mais vulneráveis aos oportunistas e ladrões que existem SIM em Orlando. Por isso resolvi escrever esse post pra contar um pouco da minha experiência aqui em Orlando e dar algumas dicas de como você pode se precaver durante a sua viagem.

 

Carro: Se você for alugar um carro, SEMPRE coloque TODAS as compras no porta malas. A minha bolsa foi roubada ano passado em frente a minha academia. Eu, burra, deixei a bolsa dentro do carro pois estava chovendo muito e eu já estava carregando a bolsa da academia. Pensei: vou levar essas coisas lá dentro e já volto pra buscar a bolsa. Eu acabei esquecendo e quando acabou a aula eu encontrei meu carro com a janela quebrada e sem a bolsa. A mesma coisa aocnteceu com uma amiga que deixou uma bolda VAZIA no assento do passageiro e teve a janela quebrada também. Um doa maiores números de ocorrências de furtos a carro aqui em Orlando são registrados perto dos shopping e outlets porque os turistas insistem em deixar sacolas a vista. Se o porta mala do seu carro for de vidro, carregue as compras com você.

 

 

Hotel: No ano de 2014 Orlando fez notícia no Brasil pois o número de ocorrências registradas por roubo em quarto de hotel aumentaram muito. E eu preciso ressaltar a importância de escolher um bom hotel pra ajudar a evitar esse tipo de incidente. Aque ditado de que “quando a esmola é demais o santo desconfia” ainda é MUITO verdadeiro. Se você nunca veio a Orlando e não conhece as áreas melhores e piores da cidade, pesquise não só preços mas também sobre a segurança e localização do hotel escolhido. Leia o que os últimos hóspedes falaram sobre o hotel, procure informação em blogs e peça opinião a um amigo que já tenha ido a Orlando por exemplo.  Eu não estou dizendo que furtos/roubos não acontecem nos hotéis mais caros, mas a incidência é bem menos frequente. Um hotel com diárias muito baratas tem que priorizar algumas coisas e negligenciar outras pra manter o preço baixo, e muitas vezes a segurança é uma das primeiras coisas que sofrem nos hotéis mais baratos. E outra, quanto mais conhecida a rede de hotel, mais assistência você terá se você passar por uma situação de ter seu quartto roubado ou furtado. Um hotel que não tem uma grande reputação a zelar provavelmente não será de muita ajuda pra tentar resolver o seu problema.

 

Furtos: É bom esclarecer que a maioria dos casos de “roubo,” não são roubos e sim furtos. Há dois meses atrás por exemplo eu tive que ajudar uma cliente que foi “roubada” em um dos hotéis gerenciados pela minha companhia. Ela fez o check in normalmente e só foi reparar que sua carteira havia sumido quando desceu na recepção pra pagar por uma pizza. Ela então começou a gritar e acusar todos os funionários do hotel de incompetentes pois alguém havia roubado a carteira dela e ninguém estava tomando providências. A polícia foi acionada e no relato ela disse que deixou as malas e a bolsa no carrinho enquanto esperava pelo elevador, e que como o elevador estava demorando ela foi “rapidinho” ali fora pra ver a piscina. Mas não existe isso de rapidinho, gente. Eu também deixei minha bolsa rapidinho no carro e deu no que deu. Esteja SEMPRE junto aos seus pertences e entenda que os parques, hotéis ou qualquer outro estabelecimento não terá responsabilidade alguma de te ressarcir se você for furtado por falta de cuidado. Se houver roubo com porta arrombada e esse tipo de coisa, você pode brigar com o hotel pra acionar o seguro deles e pagar pelos seus pertences, mas se você deu mole, infelizmente você terá que arcar com o prejuízo.

 

Parque: Uma das coisas que mais fico boquiaberta é quando vou aos parques e vejo famílias deixando pertences variados no carrinho de bebê que eles estacionam pra entrar nos brinquedos. A maioria das pessoas com criança pequena leva ou aluga um carrinho pra que as crianças não tenham que caminhar o tempo todo. Mas os carrinhos não podem entrar em algumas filas então tem que ficar estacionados do lado de fora. São centenas de carrinhos espalhados por todo o parque e por isso os parques até aconselham que você leve uma fita colorida ou algo pra diferenciar o seu carrinho dos ouros (mesmo que seu nome esteja escrito nele). Isso porque acontece até das pessoas pegarem o carrinho dos outros sem querer. Então fiquem atentos e não deixem NADA no carrinho, inclusive compras feitas nos prórios parques.

 

 

Instinto: No mais, use o bom senso e seu instinto que já é bem aguçado simplesmente pelo fato de você morar no Brasil e já ter escutados várias dicas da polícia e dos amigos pra levar uma vida mais segura. Se alguma coisa lhe pareceu estranha, saia de perto. Não tente pagar pra ver. Não é porque o restaurante é caro que você pode deixar o celular na mesa dando sopa enquanto vai ao banheiro. Não é porque fulano disse que o lugar é seguro que você pode passear até altas horas da noite sozinho.

 

 

 

As dicas parecem redundantes, mas na maioria das vezes só basta ter um pouco mais de cautela e atenção pra assegurar uma viagem mais tranquila. Quando planejamo uma viagem pra Disney, especialmente se pela primeria vez, a emoção é tanta que o cuidado que exercemos diariamente no Brasil fica um pouco esquecido. Orlando ainda é um lugar geralmente seguro, mas precisamos sim ter TODO o cuidado pra evitar que a viagem dos sonhos seja estragada por algo que poderia ser evitado.

Eu nasci e cresci em Belo Horizonte e pra mim Orlando ainda é uma cidade MUITO mais segura do que BH. Em BH eu evitava sair de bijuterias se fosse ao centro, não atendia celular dentro do ônibus ou na rua, vivia atenta a qualquer pessoa que parecesse suspeita na rua, não andava com o vidro do carro aberto, não parava nos sinais vermelhos a noite e outras coisas do tipo. A gente se acostuma a viver assim e pronto. Agora, essas já são coisas que eu não tenho que me preocupar aqui em Orlando. Crimes violentos são bem menos comuns por aqui, especialmente nas áreas frequentadas por turistas. Eu nunca vi ninguém ser assaltado no semáforo, ou ter um pivete lhe roubar a correntinha de ouro na rua, por exemplo. Mas a gente não pode dar mole né? O jeito é ficar atento pra levar apenas boas lembranças de Orlando de volta com você pro Brasa! Boa viagem!

Beijos,

 

 

 

 

Nanda

Spread the love! Share with friends:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *